Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

18/08/2020

Guia de Cuidado Natural Infantil: Ingredientes Naturais e Óleos Essenciais

 

O que são cosméticos naturais e por que optar por eles?

Nada no mundo é mais importante que nossos filhos, e cuidar deles é nossa maior responsabilidade, não é?
Atualmente a gente sabe que existe um mercado amplo de produtos naturais e uma procura cada vez maior por produtos que não agridam a nossa saúde e de nossos filhos, isto porque, ao longo dos anos constatou-se que aquilo que comíamos e também aquilo que usávamos em cosméticos estavam cheios de ingredientes sintéticos (industrializados) que acabam prejudicando a nossa saúde e, principalmente de nossos bebês e crianças.
O movimento de conscientização natural iniciou pelos alimentos, e depois foi ganhando campo até alcançar os cosméticos. 


A gente sabe que a pele é o maior órgão do nosso corpo, inicia lá na cabeça e vai até o pé. Sabemos também que tudo o que aplicamos em nossa pele é ABSORVIDO por nosso organismo e afeta diretamente a nossa saúde e é exatamente por isso que devemos ter muito cuidado com o que usamos diariamente, buscando optar sempre que possível por produtos com ingredientes naturais.


Os produtos naturais além de não fazerem mal à saúde eles entregam, justamente, saúde, sim. Isto porque são feitos com ingredientes naturais que ao entrarem em contato com a sua pele, são absorvidos pelo organismo e, tratando-se de ingredientes naturais acabam por nutrir o seu organismo trazendo, assim, saúde para você e seus filhos.


A natureza é sábia e ela nos entrega toda a matéria prima para que possamos manter nossos cuidados pessoais. Cosméticos naturais são produzidos com matéria prima e princípios ativos disponíveis na natureza, sem a adição de ingredientes sintéticos e portanto, optar por cosméticos naturais é verdadeiramente cuidar da saúde de sua família.


Além disto, cosméticos naturais são amigos do meio ambiente. Isto porque os ingredientes são biodegradáveis,  não interferindo negativamente na natureza durante o uso no banho e após o seu descarte. Pelo mesmo motivo, a produção dos cosméticos naturais é mais sustentável. E neste ponto, a gente tem que pensar: Que mundo queremos deixar para os meus filhos?
Portanto, optar por cosmético natural é cuidar de sua saúde e da saúde do meio ambiente. Não é perfeito?

 

 

Qual o perigo dos ingredientes tóxicos para sua família e como encontrá-los nas embalagens?


Já foi demonstrado em pesquisas que o corpo não consegue eliminar completamente as substâncias sintéticas que acompanham os cosméticos convencionais e, assim, ocorre o que chamamos de bioacumulação. 
Ingredientes tóxicos em cosméticos são aqueles que são sintéticos, ou sejam, são industrializados e na maioria das vezes são usados como forma de substituição de produtos naturais.


Os ingredientes tóxicos são classificados por testes profissionais realizados por órgãos competentes, sendo assim considerados quando testam alto grau de toxidade e perigo para o organismo humano. 
Estes ingredientes até são liberados para utilização em cosméticos em certas dosagens, mas, a utilização de vários cosméticos no dia-a-dia nos faz ter contato com inúmeros ingredientes sintéticos e, com isto, acabamos acumulando altas dosagens de ingredientes tóxicos e nosso corpo acaba não conseguindo eliminar estas substâncias o que acaba trazendo prejuízos para a nossa saúde, incluindo doenças graves como o câncer.
Além de fazerem mal ao ser humano, os componentes sintéticos também poluem o meio ambiente.


Portanto, nós defendemos que quanto menos cosmético com ingrediente sintético você usar, mais benefícios sua saúde terá, principalmente para os bebês e crianças, que possuem uma pele mais sensível e fina.
Encontrar os ingredientes sintéticos nas embalagens não é simples, mas, com um pouquinho de dedicação a gente consegue gravar os principais para, então, fazermos boas escolhas.

 

Vamos citar abaixo os violões para a saúde de nossos bebês e crianças e que devem ser evitados ao máximo:

 

PARABENOS
Como você lê na embalagem: Paraben (parabeno), Methylparaben (Metilparabeno), Butylparaben (butilparabeno), propylparaben (propilparabeno)
Conservante usado em vários cosméticos infantis, entre eles: shampoos, sabonetes líquidos, condicionadores, hidratantes.
Influenciam no sistema hormonal e estão ligados ao câncer de mama.

 

PROPILENOGLICOL (PEGS)
Como você lê na embalagem: propylene glycol (propilenoglicol)
Diluente usado em vários cosméticos infantis, shampoos, sabonetes líquidos, condicionadores, hidratantes.
Causa problemas de pele, como alergias e irritações e danos aos rins.

 

FORMALDEÍDO E LIBERADORES DE FORMOL
Como você lê na embalagem: Formaldehyde-relesing preservaties (conservantes que liberam Formáldeído): Quarteniun-15 (Quatérnio-15), DMDM Hydantoin (DMDM Hidantóina), Diazolidinyl Urea (Diazolinidil Uréia), Imidazolinidyl Urea (imidazolidinil Uréia) ou Methenamine (Metenamina)
Conservante, usado em vários cosméticos infantis, shampoos, sabonetes líquidos, condicionadores, hidratantes.
Ligados a problemas graves de pele, dores de cabeça e inclusive câncer.

 

ÓLEO MINERAL E OUTROS DERIVADOS DE PETRÓLEO
Como você lê na embalagem: Mineral oil, paraffin oil. Petrolatum (Petrolato)
Proveniente do petróleo, têm propriedade emoliente (hidratante), usado em vários cosméticos infantis, shampoos, sabonetes líquidos, condicionadores, hidratantes.
Causam doenças por deficiências de vitaminas, pneumonia e vários tipos de câncer.

 

FRAGRANCIAS SINTÉTICAS, PERFUMES SINTÉTICOS E CORANTES SINTÉTICOS
Como você lê na embalagem: Parfum, CI-Color Index
Substancias sintéticas, utilizadas para perfumar e colorir cosméticos infantis.
Corantes e essências podem causar alergias na pele e problemas respiratórios. Alguns estão relacionados ao câncer, neurotoxicidade e infertilidade.

 

SULFATOS
Como você lê na embalagem: Sodium Laureth Sulphate (SLES, Lauril Éter Sulfate de Sódio), Sodium Lauryl Sulphate (SLS, Lauril Sulfato de Sódio).
Utilizado em produtos que formam espuma como shampoo, sabonete, espuma para banho.
Ressacam a pele, podem causar alergias e dermatites.

 

SILICONES
Como você lê na embalagem: Siloxanes (Siloxanos): Cyclotetrasiloxane, cyclopentasiloxane, cyclohesasyloxane e Cyclomethicone (Ciclometicone)
Utilizado em hidratantes e condicionadores para dar um ‘toque aveludado’ ao produto.
Podem interferir no funcionamento hormonal e causar danos ao fígado.

 

DEA, cocamide DEA, MEA e TEA
Como você lê na embalagem: DEA (Diethanolamine, Dietanolamina), cocamide DEA, MEA (Monoethanolamine, Monoetanolamina) e TEA (Triethanolamine, Trietanolamina)
Usado em hidratantes, condicionadores, shampoos e sabonete.
Considerada potencialmente cancerígena.

 

BHA E BHT
Como você lê na embalagem: Butylated Hydroxyanisole Butilhidroxianisol, Butylated Hydroxytoluene, Butil-hidroxitolueno
Usado como conservante em vários cosméticos.
Interferência no sistema hormonal por serem considerados disruptores endócrinos e cancerígenos.

 

Álcool isopropilico ou Isopropanol
Como você lê na embalagem:  2-Propanol (C3H8O) / Propan-2-ol
Perfumes, cosméticos de hidratação
pode ocasionar alergias e irritações na pele. Por inalação causa sonolência, vertigem, dores de cabeça, irritação nasal e da garganta, perda de apetite, vômito e diarreia. 

 

 

 

Qual o prejuízo de usar ingredientes tóxicos/ sintéticos em bebês e crianças?


O contato com cosméticos pelo bebê, quase sempre se inicia antes mesmo da introdução alimentar. Se estes cosméticos não forem escolhidos a dedo, o seu bebê pode ser exposto a substâncias tóxicas e sintéticas que afetarão de forma nociva o seu organismo.


Como dissemos a pele do bebe e das crianças são naturalmente mais sensíveis e finas do que a pele de um adulto e, justamente por isso é que devemos redobrar o cuidado com os produtos que usamos em nossos bebês e crianças, porque, tudo o que passamos na pele deles é absorvido por seu organismo totalmente puro e limpo.


A pele fina absorve tudo – de bom e de ruim – que é aplicado sobre ela, e o fígado recebe todos esses nutrientes ou toxinas. “Na infância, ele é o órgão que mais sofre com fatores externos. Distúrbios hepáticos e respiratórios causados por cosméticos à base de compostos químicos são frequentes”, conta o pediatra e médico antroposófico José Agop Manuchaguian. E mais: “Existem toxinas que não podemos controlar, como as da poluição, mas é possível escolher o que nossa pele absorve. Nos cuidados com os bebês é preciso ser radical: quanto menos substâncias químicas nocivas um produto tiver, melhor”, completa.
 

 

Benefícios dos ingredientes naturais, óleos essências e suas indicações para bebês e crianças.


Como já falamos os cosméticos com ingredientes naturais fazem um grande bem para a saúde, isto porque, os cosméticos naturais têm em sua composição derivados de fontes ricas em muitos tipos de nutrientes, que são importantes para o nosso organismo como um todo, pois, já sabemos que tudo o que passamos na nossa pele é absorvido pelo nosso organismo.


Além disto, a produção dos cosméticos naturais acontece a partir do uso racional dos recursos da natureza e da preservação do meio ambiente, ou seja, gera menor impacto socioambiental.


Outro ponto que vale destacar é que os cosméticos que optam por usar óleo essencial na sua composição agregam ainda mais saúde ao organismo, pois, além de ser utilizado como fonte natural de perfume ainda trás os benefícios da aromaterapia.


A aromaterapia é a utilização dos óleos essenciais para o fim de promover bem-estar, saúde e equilíbrio. Sabendo escolher o óleo e dosá-lo, eles são perfeitos para usar em bebês e crianças. 
A maior parte dos óleos essenciais é antisséptica, e cada óleo tem suas próprias características curativas particulares. Alguns possuem fortes propriedades bactericidas, outros são antivirais, antifúngicos. Há também os óleos com propriedades calmantes, outros são estimulantes.


Conforme falamos os óleos essenciais para serem usados em bebês e crianças, diretamente na pele, devem ser diluídos em óleos vegetais, que pode ser um óleo de coco extra virgem ou ainda óleo de amêndoas doces.
Os benefícios da aromaterapia com óleos essenciais também podem ser obtidas por meio de difusores, através da inalação e por meio de cosméticos.

 

Abaixo apresentaremos alguns óleos e seus benefícios em bebês e crianças, bem como a forma de diluição de acordo com a idade, para uso diretamente na pele:​

 

* LAVANDA (Lavandula Hybrida) 
Anti-infeccioso, anti bacteriano, anti-inflamatório
Para ansiedade, tensão, dores de cabeça, insônia, arranhões, picadas de inseto


* TEA TREE (Melaleuca Alternifolia)
Anti-infeccioso, anti bacteriano, antimicrobiano, antifúngico,anti-inflamatório
Para picadas de insetos,micoses, dores de garganta, bronquite


* LARANJA-DOCE (Citrus aurantium var.dulcis – citrus sinensis)
Relaxante do sistema nervoso, acalma a agitação infantil, antiespasmódico, antisséptico
Para inquietude, nervosismo, ansiedade


* MENTA (Mentha arvensis)
Expectorante, revigorante, descongestionante, anti pruriginoso
Para tosse, problemas respiratórios, congestão nasal, combate náusea. 

 

 

Diluição por idade (número de gotas para 30ml de óleo vegetal):

 

 

 

* Recém nascidos: 1-2 gotas
 

* 2 a 6 meses de idade: 1-3 gotas
 

* 6 a 12 meses de idade: 1-4 gotas
 

* 1 a 5 anos de idade: 5-8 gotas
 

* 6 a 7 anos de idade: 5-10 gotas
 

* 8 a 12 anos de idade: 5-12 gotas
 

* 12 anos para cima: 10-15 gotas

 

 

Outra forma muito interessante de obter os benefícios dos óleos essências é escolher cosméticos que utilizem estes ingredientes em suas composições. O contato diário com a aromaterapia trará benefícios grandiosos à saúde e bem-estar dos bebês e crianças, como explica a Aromaterapeuta e Nutricionista, Janete Tridapalli Duarte:

 

 

 

 

 

Gostou do conteúdo e quer salvar para ter sempre com você? Baixe nosso E-book: